Você está aqui:   Serviços   >   Notícias do TCE
Atricon planeja treinamento do MMD 2017 em Natal
13/03/2017

A Associação dos Membros dos Tribunais de Contas do Brasil (Atricon) realiza, de hoje (13/03) até quarta-feira, em Natal, na sede do Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Norte (TCE/RN), uma reunião para planejar o treinamento de aplicação do Marco de Medição de Desempenho dos Tribunais de Contas (MMD-TC). A diretora-geral do Tribunal de Contas mineiro (TCEMG), Gislaine Fois Fernandes, participa deste planejamento. Ela já integrou a Comissão de Coordenação Geral do processo de aplicação do MMD - Qualidade e Agilidade dos TCs em 2015. Fez parte também do grupo de trabalho responsável pela convergência metodológica do Projeto Atricon Qualidade/Agilidade do Controle Externo no âmbito dos TCs ao MMD das Entidades Fiscalizadoras Superiores, que realizou suas atividades em 2014.

Conforme notícia publicada pela Assessoria de Comunicação Social do TCE/RN, o coordenador da equipe, conselheiro Jailson Campelo, do Tribunal de Contas do Estado do Piauí, disse que “o treinamento tem uma importância imensa para assegurar a aplicação de modo uniforme da ferramenta em todos os tribunais de contas, para garantir um nível de excelência e harmonizar o entendimento. Todos os TCs poderão falar a mesma linguagem”.

O treinamento está previsto para ocorrer na primeira semana de abril e contará com a presença de membros e servidores de tribunais de contas de todo o Brasil.

MMD

O projeto MMD-TC tem por objetivo fortalecer o sistema nacional de controle externo e contribuir para que os tribunais de contas atuem, cada vez mais, de maneira harmônica, efetiva e uniforme, aprimorando a qualidade e agilidade das suas auditorias, julgamentos e governança interna.

O projeto é desenvolvido pela Atricon, com a colaboração do IRB e de todos os tribunais de contas do Brasil, usa metodologia internacional recomendada pela Intosai e tem por base as resoluções da Atricon.

A autoavaliação dos Tribunais é realizada por seus próprios técnicos a fim de verificar o grau de cumprimento das resoluções temáticas da Atricon. Comissões técnicas serão constituídas para visitar os tribunais de contas que participam do projeto. Cada uma delas é formada por quatro membros, sob a coordenação de um conselheiro.