Você está aqui:   Serviços   >   Notícias do TCE
TCEMG faz advertência à Secretária Municipal de Educação de BH
05/12/2017
A Primeira Câmara do Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais (TCEMG)  anunciou, na sessão desta terça-feira, dia 05 de dezembro, o resultado da auditoria realizada na Secretaria Municipal de Educação de Belo Horizonte, em 2012, que fiscalizou a gestão do programa intitulado “Gestão e Operacionalização da Política Educacional do Município” e fez uma advertência à  atual Secretária Municipal de Educação, Ângela Imaculada Loureiro de Freitas Dalben, para evitar a reincidência da irregularidade apurada.

De acordo com o relatório técnico da auditoria (processo 898434), apesar de não terem sido encontrados indícios de danos ao erário, passíveis de ressarcimento, houve irregularidade na formalização do contrato com a Fundação Roberto Marinho – FRM, no valor de R$ 4 milhões, feito por dispensa de licitação, sem a justificativa do preço, em descumprimento à exigência contida nos artigos 24 e 26 da citada Lei de Licitações. 
 
No voto, o relator do processo, conselheiro Mauri Torres, observou: “Advirta-se o atual Secretário Municipal de Educação de Belo Horizonte para que, na contratação de serviços similares ao contratado no bojo do Processo n. 01.003.145.11.33, promova o detalhamento e a decomposição, mediante planilha, do preço total do serviço para propiciar o cotejo dos preços unitários com os preços de igual medida praticados por outros contratantes para a prestação de serviços equivalentes, a fim de permitir aos órgãos incumbidos do controle do gasto público a apuração da adequação da justificativa do preço e de sua compatibilidade com os verificados no mercado”.